Top 10 modelos Plus Size que mudaram a Indústria da Moda


Esqueça as meninas esqueléticas que parecem estar doentes e que se passam por modelo de moda nos dias de hoje. O mundo da moda cada vez mais se convence que a verdadeira beleza não é encontrada em um manequim 38. Um número crescente de modelos plus size estão redefinindo o que a sociedade considera belo, e essas supermodelos que mais parecem viciadas em drogas podem se cuidar, pois em breve seus postos de trabalho estarão em risco.

A indústria da moda resistiu por anos a utilização de modelos plus size, mas era uma questão de tempo a medida em que o criticismo público com relação às modelos anoréxicas crescia.

Algumas dessas modelos plus size são relativamente desconhecidas, mas nós esperamos que isso mude. Consequentemente, a indústria da moda reconhecendo estas modelos internacionais, irá fazer com que as modelos plus size brasileiras sejam também mais valorizadas.

Nós montamos uma lista das TOP 10 modelos plus size internacionais que fizeram a diferença e abriram caminhos no mundo da moda, não só avaliando as mulheres mais lindas, mas também as mais bem sucedidas, pioneiras e ambiciosas. Estes mulheres saudáveis, gostosas, e de tamanho normal surfaram na onda da reação pública contra os cabides ambulantes que infestam as passarelas, e como representantes da maioria da população, pela primeira vez justificaram o uso da palavra MODELOS.

#10 - Natalie Laughlin



Natalie nasceu em Trindad & Tobago e já foi chamada de "A Cindy Crowford das modelos Plus Size", um grande elogio para essa grande e linda mulher. Foi uma das primeiras modelos plus size conhecidas internacionalmente.


#9 - Maggie Brown



Maggie cresceu no Havaí, e teve sua grande chance após ganhar um concurso de busca por modelos plus size promovido por Tyra Banks, em 2006. Rapidamente, assinou com a agência Wilhelmina Models e desde então já trabalhou para a Macy`s, Mervyns e outras. Sua beleza oriental, exótica e voluptuosa mantém esta modelo sempre ocupada.


#8 - Barbara Brickner



Barbara ficou ofendida quando foi convidada pela primeira vez para posar como modelo plus size. Felizmente, os atrativos de viajar o mundo, grandes salários e fama a convenceram a tentar. Foi uma decisão acertada, já que ela conseguiu seu primeiro grande trabalho muito lucrativo quase que imediatamente. Desde então, esta morena curvilínea tem trabalhado para clientes como Eddie Bauer, Target e muito mais. Agora, ela está concentrando sua energia em seu verdadeiro sonho: se tornar uma estrela da música country.

#7 - Crystal Renn



Seu nome pode soar como uma estrela do pornô, mas esta bela morena é sem dúvida uma das modelos plus size mais populares hoje em dia. As coisas nem sempre foram tão agradáveis para esta moça da Flórida. Como uma aspirante a modelo aos 14 anos de idade, ela foi indicada a perder quase 1/3 do seu peso corporal, a fim de começar a trabalhar. Que, compreensivelmente, provocou uma série de transtornos alimentares que, eventualmente, levou-a para fora do negócio. Depois de algum tempo de reflexão, no entanto, ela recuperou o peso e se rebatizou como modelo plus size. Cristal Renn continua a ser a única modelo em seu nicho de mercado que apareceu em todas as quatro edições internacionais da revista Vogue.


#6 - Kate Dillon 



Kate era uma modelo bem-sucedida "em linha reta" (no mundo fashion, termo usado pelas modelos plus size para se referir às suas colegas desnutridas). Ela se sacrificou muito, lutou com seu peso, passou fome, viveu sem café e cigarros. O momento que tudo mudou foi quando ela foi internada com gastroenterite. Ela estava sofrendo, magra e fraca na cama de hospital, e um colega da indústria da moda comentou que aquilo havia sido bom para ela pois ela finalmente estava "fabulosa". Resolveu se preocupar mais com sua saúde e não com o que os outros pensam, ganhou de volta o peso que havia perdido e mais alguns e usou seus contatos para relançar sua carreira como modelo plus size. Ela foi considerada uma das 50 pessoas mais bonitas do mundo pela revista People.


#5 - Emme Aronson



Algumas meninas já nascem grandes e vivem suas vidas lutando, odiando a si mesmas. Outras, como Emme Aronson, abraçam seus corpos grandes e belos. Nascida em Nova York, mas criada na Arábia Saudita, ela desviou de todas as críticas geralmente jogadas em adolescentes mais cheinhas (incluindo seu próprio pai, que ficou famoso por utilizar um marcador preto para circular onde ela precisava perder peso) e canalizou toda a sua raiva em esportes. Ela se destacou no remo, acabou ganhando uma bolsa integral para Syracuse. Depois de uma temporada trabalhando como âncora para uma estação de TV, no Arizona, ficou em evidência e o mercado plus size a abraçou, e tem sido até então um estrondoso sucesso.


#4 - Mia Tyler



Quando sua irmã é a gostosa Liv Tyler e seu pai é o Steven Tyler, vocalista do Aerosmith, há um monte de expectativas quando se trata de sua aparência. Esta gordinha sexy não se incomoda com cobranças e preconceitos, e mostra uma personalidade maior que suas curvas na Vogue e Marie Claire. Mia Tyler também apareceu no Celebrity Fit Club, e perdeu mais de 30Kg, mas manteve a sua beleza rechonchuda. Ela deu às plus size um certo glamour hollywoodiano, e sua imagem confiante e de personalidade forte em evidência mostrou ao mundo uma visão diferente sobre as gordinhas, antes tidas como tímidas, frágeis e inseguras.


#3 - Toccara Jones


Esta beleza negra escultural anula completamente a noção preconcebida do mercado de loiras de olhos azuis. Ela veio pela primeira vez aos olhos do público como uma concorrente no America's Next Top Model, competindo contra meninas frágeis e famintas. Este mulherão de 1,70m aproveitou a exposição com um contrato com a famosa agência de modelos plus size Wilhelmina. Ela não ganhou, mas a abriu caminho para outras plus size participarem e gerou muita polêmica.


#2 - Chloe Marshall



Esta britânica é a prova de quão longe modelos plus size podem chegar. Cansada de aparecer em revistas e passarelas, decidiu invadir o mundo dos concursos de beleza também. Chloe Marshall foi uma das finalistas para o título de Miss Inglaterra, e acabou ficando em segundo lugar, tendo vencido diversas meninas magras, típicas concorrentes a Miss. Ela conseguiu um $uculento contrato com uma agência Plus Size e faz um enorme sucesso na Inglaterra e Europa.


#1 - Whitney Thompson



A décima temporada de America's Next Top Model foi um marco para as modelos plus size. O assunto ficou em evidência no concorrido horário nobre da TV americana. Isso porque a loira bombástica de 1,78m botou para fora todas as suas concorrentes magrelas e se tornou a primeira Plus Size a vencer o programa. Como parte de seu pacote de prêmios, ela ganhou um contrato com a Agência Elite Models e um acordo de patrocínio com a CoverGirl.

Whitney Thompson quebrou as barreiras e abriu o caminho para o sucesso para meninas maiores que sonham com a vida glamourosa de uma modelo de moda, e por isso leva nosso primeiro lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário